Visite nossa
loja virtual
 
 

A importância de ler a Bíblia com as crianças

13.Setembro.2019
 

É de pequenino que se torce o pepino! Mas, o que isso quer dizer? O dito popular ou provérbio, originário de agricultores que se utilizavam da poda para que os pepinos crescessem e adquirissem sabor agradável, refere-se à necessidade de moldar as crianças o mais cedo possível. 

São João Paulo II dizia que a família é a célula materna da sociedade. Sendo assim, a família é o primeiro meio social de uma criança, onde ela deve, inicialmente, absorver os valores e educação de seus pais. 

Por isso, a importância de amar e viver a fé católica em casa, ensinando que a Verdade, o Caminho e a Vida vem de Deus! E, a principal forma de bem fazê-lo, é ler a Bíblia com as crianças. 


A seguir, veja o quão fundamental é conhecer esse manual da vida desde cedo, tendo um direcionamento em todas as circunstâncias que surgem em nossa direção. 

Ser pai e mãe é uma vocação





A vocação de ser pai e mãe é tão árdua quanto a de um sacerdote ou religioso, uma vez que abraçar o desejo de Deus de formar uma família é uma grande missão, principalmente, no que tange à educação dos filhos na fé de Jesus e, segundo os princípios da Igreja. 

Não é uma tarefa fácil, assim, devemos pedir auxílio ao Espírito Santo, que nos dá a graça da fé, nos fortifica e faz crescer. A maneira de moldar as crianças que o dito popular citado lá no primeiro parágrafo nos remete, não deve nunca ser baseada na violência, mas sempre no amor. 

O amor ensina


Dom Bosco dizia que não basta amar as crianças, elas precisam saber que são amadas. Amar não significa conceder todos os seus desejos, ao contrário, é doar-se a tal ponto de fazê-las se sentirem seguras e importantes na vida dos pais. Para isso, é necessário gastar tempo! 

Infelizmente, vivemos numa tal realidade que não sabemos se gastamos tempo com o que é essencial ou, se é o tempo que nos consome com o que é banal. Há uma luta constante com os celulares, tablets, computadores e televisores. E, é neste ritmo alucinante que as crianças estão crescendo. 

Quando os pais gastam tempo com os filhos, seja brincando no parque ou no aconchego do lar, ajudando no dever da escola, assistindo a um bom filme, o coração da criança é conquistado e, fazer o que os pais solicitam não é uma obrigação, mas um prazer, pois, de alguma forma, está imitando àqueles que admira. 

A formação do caráter começa em casa


Os pais são os primeiros educadores e os primeiros catequistas dos seus filhos. Ler a Bíblia com as crianças é ensiná-las o verdadeiro caminho da felicidade, pois é nisto que se consiste o Evangelho. Jesus disse que a Escritura não pode ser desprezada (cf. Jo 10, 35). 


Ele era íntimo das Escrituras, porque a Virgem Maria e seu pai adotivo, o Glorioso São José, o educaram na fé. Maria era conhecedora da Palavra de Deus e o demonstrou ao recitar o Magnificat, que possui mais de 10 citações do Antigo Testamento. Certamente, São José, homem justo e fiel, não era diferente. 

Ao exemplo da Sagrada Família, devemos ensinar nossas crianças a buscarem na Palavra de Deus as verdades de fé, paz, consolo, esperança, alegria, amor e tantas outras respostas e aspirações para bem vivermos. 

Bíblia para crianças


Ao optar por uma versão adaptada da Bíblia, que contém uma linguagem própria para a criança, torna-se mais fácil a compreensão espiritual da Palavra de Deus. Ler a Bíblia infantil e outros livros dedicados aos pequeninos deve ser um momento de muita alegria e paz. 

Jesus é nosso amigo e, quando conversamos com Ele não ficamos entediados, todavia, muito felizes, queremos saber sobre sua vida, o tratamos com respeito, demonstramos amor e gratidão. É um relacionamento tranquilo, natural e salutar!

Você sabia que a Editora Ave-Maria tem uma Bíblia Infantil? Com linguagem simples, de fácil entendimento e lindas ilustrações, ensinar a história de Jesus para as crianças fica muito mais leve e divertida com a ajuda desta versão da tradicional Bíblia Ave-Maria! Clique aqui e veja mais detalhes! 

Vivemos numa sociedade doente e carente de amor. Por isso, devemos fazer a nossa parte e, como pais, sermos luzes no seio de nossas famílias e no meio do mundo, preparados para anunciarmos o Evangelho da Paz para as crianças ou para qualquer outra pessoa.  


Gostou deste post? Então, leia também: - 10 orações para fazer com as crianças 

 
 
 
 
Comente com o facebook