Visite nossa
loja virtual
 
 

10 CURIOSIDADES SOBRE A PADROEIRA DO BRASIL

26.Setembro.2018
 

Em homenagem ao dia de Nossa Senhora Aparecida, separamos 10 curiosidades sobre a história da Padroeira do Brasil. 

Será que você já ouviu essas curiosidades alguma vez? Vem conferir!

#1 Igrejas

Encontrada no rio Paraíba em 1717, a imagem peregrinou durante muito tempo nas casas dos pescadores que a resgataram. Mais precisamente, ela peregrinou até 1932, por 215 anos! Em 1732, foi construído para ela o primeiro oratório público. Neste local houve um milagre contado tradicionalmente: velas se acenderam sozinhas para iluminar a imagem. 

Já em 1745, foi erguida a primeira igreja reconhecida canonicamente e dedicada à Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Aparecida. Esta sofreu reformas, e em 1888 foi inaugurada a Matriz Basílica (Basílica Velha). Na década de 50, posteriormente, foi inaugurado o atual Santuário Nacional


#2 Vestes e Pele Morena

A imagem da santa chegou a ser coroada antes mesmo de ser proclamada padroeira do Brasil. Na ocasião, em setembro de 1904, ela ganhou, além da coroa, um manto azul, mas, de acordo com o Santuário Nacional, há estudos históricos indicando que, antes do manto azul, a imagem usava, na verdade, mantos vermelhos e brancos (em referência à Imaculada Conceição). 

Atualmente, ela tem o forro da vestimenta trocado com, aproximadamente, periodicidade mensal e os pedaços dele são entregues às pessoas que colaboram com as obras da Igreja. 

Sobre sua cor, não há registros a respeito da origem ou quanto tempo a imagem chegou a ficar à mercê nas águas no Rio Paraíba. Então, não é possível afirmar com exatidão a cor original da estátua antes dela ser lançada na água. 

Algumas hipóteses para a cor negra são: o período de tempo que ela ficou na água ou até mesmo o fato de os fiéis que a veneravam acenderem velas e lamparinas aos seus pés, na casa dos pescadores. Isso pode ter contribuído para o escurecimento da imagem, que é feita de argila e barro.


#3 Transporte na Kombi

O Santuário Nacional teve sua construção iniciada no ano de 1952. Já primeira vez que romeiros foram atendidos no local foi em junho de 1959. 

A partir deste momento, já que a Matriz Basílica passou a não comportar mais o número de romeiros que iam à cidade, a imagem é que passou a ir de Kombi, aos finais de semana, ao local, para ser venerada pelos devotos. Apenas em outubro de 1982 é que ela passou a ficar em definitivo no Santuário Nacional.

#4 Blindada

A imagem de Nossa Senhora Aparecida está protegida no Santuário Nacional em um nicho localizado a 4 metros do chão, dentro de um retábulo (40cm de largura) blindado. 

Este nicho possui revestimento feito de pastilhas brancas e douradas, reproduzindo imagens dos três arcanjos: Gabriel, Rafael e Miguel.

#5 Data de celebração da Padroeira

Nem sempre o dia de Nossa Senhora Aparecida foi comemorado em 12 de Outubro. De acordo com o Padre Victor Hugo Lapenta, da Comissão de Bens Culturais e Históricos da Arquidiocese de Aparecida, a data de celebração já foi no dia 8 de dezembro (dia da Imaculada Conceição no mundo), no dia 8 de setembro (mês do nascimento dela), e até no primeiro domingo de maio (considerado o mês de Maria). 

Apenas em 1953 é que foi determinado que o dia de celebração passaria a ser oficialmente 12 de Outubro, para aproximar-se à data em que a imagem realmente foi encontrada no Rio Paraíba. 

#6 Protegida na Revolução

Durante a Revolução de 1932, o Vale do Paraíba, região na qual a imagem ficava guardada (local da Matriz Basílica), era uma das áreas de combate das tropas. Soldados, inclusive, ficavam acampados na cidade. 

Por conta disso, para proteger sua integridade, a imagem foi levada de carro por um tempo a São Paulo, mas não há registros sobre o 'esconderijo' onde ela ficou guardada durante o período. 

#7 Visitas Importantes

De acordo com o CDM (Centro de Documentação e Memória) do Santuário Nacional, Aparecida, terra da padroeira, recebeu diversas visitas estimadas ao longo do tempo por conta da imagem

Entre elas: o Imperador Dom Pedro I, a Princesa Isabel (que doou a coroa de ouro à Santa após alcançar uma graça), os Papas João Paulo II (1980), Bento XVI (2007) e Francisco (2013). Assim como, o presidente Getúlio Vargas, de acordo com o padre Victor Hugo Lapenta.


#8 Milagres

A santa já teve inúmeros milagres atribuídos a ela reconhecidos pelo vaticano, mas entre os que têm registros físicos, há dois disponíveis em um museu: uma corrente e uma pedra. Tendo pertencido a um escravo, a corrente teria se soltado ao que ele se aproximou da imagem. 

Já a pedra possui uma marca de ferradura - um cavaleiro ateu que passava por Aparecida/SP teria zombado da fé dos romeiros e, ao tentar entrar na igreja a cavalo, foi impedido porque a pata do animal ficou presa nesta pedra na escadaria. 

#9 Restaurada

Sim, a imagem de Nossa Senhora Aparecida já foi quebrada em muitos pedaços, mais precisamente em 200! 

Isso porque, em 1978, um jovem transtornado conseguiu retirar a imagem do nicho onde estava, na Matriz Basílica e a atirou ao chão. Quem fez a restauração e colou todas as partes foi a artista plástica Maria Helena Chartuni, e levou cerca de 33 dias. 


#10 Viagem pelo Brasil

Diferentemente do que acontece hoje, no passado, foi a imagem que fez uma peregrinação histórica pelo Brasil, em 1964, a pedido do governo militar, para ir ao encontro dos fiéis nas grandes capitais. 

Ela viajou em um avião do governo. "O governo queria que o povo continuasse a venerá-la e também evitar que as pessoas se tornassem comunistas - era essa a mensagem", disse o padre Victor. Enquanto a imagem 'viajou', uma réplica foi colocada em seu lugar no Santuário. 

 
 
 
 
Comente com o facebook